AVISA LÁ QUE AQUI TEM MUITA COISA SOBRE CRIANÇAS DE 0 A 3 ANOS

Código: QF5FSFGCK Marca:
3x de R$ 6,67
R$ 20,00
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 20,00 sem juros
    • 2x de R$ 10,00 sem juros
    • 3x de R$ 6,67 sem juros
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

AVISA LÁ QUE AQUI TEM MUITA COISA SOBRE CRIANÇAS DE 0 A 3 ANOS

Essa coletânea foi feita especialmente para você que, assim como nós, sabe que a reflexão contínua é fundamental para alcançar uma educação de qualidade para as crianças pequenas.

Podemos dizer, cada vez com mais certeza, que o investimento nos primeiros anos de vida faz diferença na vida dos indivíduos e da sociedade. Portanto, nada mais oportuno e bem-vindo do que aproveitar os 11 artigos selecionados sobre crianças de 0 a 3 anos, seus professores e possíveis percursos de aprendizagem.

Nesta coletânea nossa intenção é traçar um panorama das questões que permeiam a educação das crianças pequenas. Percorremos um grande trajeto com alguns pontos de parada.

Para começar nossa viagem apresentamos um artigo primoroso da professora Fernanda Carolina Tristão que nos convida a pensar na relação entre o cuidar e o educar na educação das crianças de 0 a 3 anos. O texto permite uma boa conversa sobre a necessidade de superação de preconceitos em relação ao cuidado e trata da concepção de cuidado ampliado e integrado à educação.

Em seguida, conheceremos mais sobre desenvolvimento e aprendizagem infantil com Monique Deheinzelin, que traz, em um texto poético, a construção da noção de permanência dos objetos. Seu olhar sobre Eva permite entender os desafios dessa dupla construção a que a criança pequena se lança: do sujeito e do mundo.

Para avançar nesse trajeto, Denise Argolo Estill e Zita de Barros Garcia tratam de um tema tabu: a mordida na primeira infância (até 3 anos) e como ela desperta inúmeros sentimentos. Essa situação envolve uma série de desafios e conquistas tanto dos professores, quanto das crianças e de seus familiares. Mas como lidar com essa primeira experiência coletiva que as crianças vivem?

Como construir ambientes que propiciem boas interações é o próximo ponto. Nele, Cinthia Manzano fala dos espaços que criamos para a fala das crianças e como dar voz àquelas que ainda não falam. Nesse artigo vamos conhecer propostas como as Cestas Surpresa, desencadeadoras de pesquisa e interações entre as crianças.  

Se ficou interessado (a) nas cestas surpresas aproveite, pois temos também um relato de experiência de Ana Lúcia Bresciane que trata do trabalho com bebês, uma sequência de propostas com o uso de cestas surpresas com diferentes objetos.

Para continuar a viagem pela educação de crianças pequenas, há um artigo sobre a transformação do berçário na Obra do Berço em Santos\SP, onde os berços deram espaço para deslocamentos e brincadeiras das crianças. Escrito por Vania Aparecida Valent Marques e Emilian F. C. Santos conhecemos as possibilidades de mudanças nos espaços e nas aprendizagens das crianças.  

Nesta parada encontramos reflexões sobre o que podem fazer as crianças pequenas nas creches e como podem aprender.

Ana Lucia Bresciane discute como o contar e o ler histórias podem ser momentos privilegiados de interação das crianças com a linguagem. Abordando o papel das diferentes situações (contar e ler) para a aproximação, o fortalecimento dos vínculos afetivos e para o estabelecimento de situações comunicativas com as crianças. 

 

Você terá a oportunidade, ainda, de ler uma entrevista com Monique Deheinzelin. Ela discorre sobre a produção e a criação plástica, os percursos das crianças na compreensão das diferentes formas de se expressar plasticamente: uso da cor, tipos materiais e outras propostas são abordadas. 

 

As formas de registro e o papel do professor de crianças pequenas são os últimos pontos desta viagem.

O artigo de Cisele Ortiz e Denise Nalini sobre o  Álbum do bebê é um relato de experiência, em Recife/PE, sobre a construção de álbuns do bebê, com foco na construção de registros e de práticas de observação. E, ainda, o relato de experiência de Juliana Guerreiro Lichy apresenta o trabalho da Escola Criarte, com crianças de 02 anos, em São Paulo/SP, onde o mural se tornou um instrumento para adaptação e apoio na integração das crianças e famílias ao novo cotidiano.

E como lembrança do percurso, um texto para pensar o papel do professor das crianças de 0 a 3 anos. Na investigação de Maria Teresa W. de Carvalho sobre a relação professor/bebês discute-se a profissionalização dos educadores de crianças pequenas.

Todos os temas tratados são norteados por perguntas instigantes, como por exemplo: ser professor de bebês é uma especialidade diferente dos demais profissionais da educação?

 

Boa Leitura!

Essa coletânea está disponível em PDF e será enviada por wetransfer.

3x de R$ 6,67
R$ 20,00
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

A loja Instituto Avisa lá oferece revistas, cursos e arquivos eletrônicos desenvolvido e publicado para os educadores. Tudo isso com a mesma seriedade e qualidade de uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos que desde 1986 vem contribuindo para qualificar a prática educativa pública por meio da formação continuada dos profissionais da educação. Saiba mais em www.avisala.org.br

Pague com
  • Bcash
Selos
  • Site Seguro

INSTITUTO AVISA LA FORMACAO CONTINUADA DE EDUCADORES - CNPJ: 57.182.503/0001-42 © Todos os direitos reservados. 2017

Logomarca Hands On